top
logo

btn aprender  biblioteca

btn farol ideias

 btn portal das escolas

 

 


btn kiosk 1btn moodle 1btn consulta alunos 1btn inovar profissional 1btn inovar alunos 1

 btn webmail 1btn gave 1btn DGAE 1btn MEC 1btn legislacao 1

btn manuais escolares 01

separador destaques

icon divulgacao

 

Campanha de Solidariedade a favor da AMI

AMI

Os docentes de História, no âmbito da comemoração do Dia dos Direitos Humanos (10 de dezembro), pretendem concretizar uma Campanha de Solidariedade que consiste na angariação de géneros alimentícios não perecíveis (produtos de validade duradoura), durante o período de 24 de novembro a 10 de dezembro. Os géneros poderão ser colocados em recipientes disponibilizados, para o efeito, na sala dos professores e na entrada da escola, junto ao telefone. Esta campanha irá reverter a favor da AMI (Assistência Médica Internacional).

O sucesso desta campanha depende da solidariedade de cada um. Desperte um sorriso em quem necessita.

Pequenos gestos fazem a diferença.

 

 
icon divulgacao

REGULAMENTO

Continuar...
 
icon divulgacao



Informam-se todos os alunos do 3º Ciclo e Secundário que está aberto o 9º Concurso Nacional de Leitura – Fase de escola. Os interessados em participar deverão inscrever-se na Biblioteca Escolar ou junto do professor de Português até ao próximo dia 5 de dezembro de 2014.

Continuar...
 

icon informacao

Informação à comunidade escolar sobre possíveis infestações: piolhos

Solicita-se a toda a Comunidade Escolar uma forte vigilância pró-ativa sobre a possível incidência de manifestações de infestações de piolhos e lêndeas.

Por forma a ajudar na erradicação/controlo desta praga, deve-se procurar ajuda de um técnico de saúde.

 

O agrupamento agradece a colaboração de todos!

 

icon informacao

Informação à comunidade escolar sobre possíveis infestações: sarna

A sarna é uma infestação causada por pequenos aracnídeos que provocam pápulas avermelhadas minúsculas e uma intensa comichão.
A sarna é causada pelo ácaro Sarcoptes scabiei. A infestação transmite-se facilmente de pessoa para pessoa através do contacto físico e é frequente afectar toda uma família. Os ácaros, que se podem distinguir à vista desarmada, transmitem-se em regra quando as pessoas dormem juntas. Raramente se propagam pela roupa de vestir ou da cama, bem como por outros objectos partilhados. A sua sobrevivência é curta e uma lavagem normal destrói-os.
A fêmea do ácaro escava túneis (galerias) e sulcos debaixo da camada superior da pele e deposita neles os seus ovos. As formas jovens do ácaro (larvas) nascem em poucos dias. A infestação provoca uma comichão intensa, provavelmente como resultado de uma reacção alérgica aos ácaros.


Sintomas
A característica peculiar da sarna é uma intensa comichão, que piora sobretudo durante a noite. As galerias dos ácaros aparecem como linhas onduladas com aproximadamente 1,5 cm de comprimento que, nalguns casos, apresentam uma pápula minúscula num extremo. Estes sulcos são mais frequentes e a comichão é mais intensa nos espaços entre os dedos das mãos, nos pulsos, nos cotovelos, nas axilas, à volta dos mamilos das mulheres, nos órgãos genitais masculinos (pénis e escroto), à volta da cintura e na parte inferior das nádegas. A cara é raramente infestada, excepto em crianças pequenas, onde as lesões aparecem sob a forma de bolhas cheias de água. Com o passar do tempo, os sulcos podem tornar-se difíceis de ver, pois ficam camuflados pela inflamação provocada pelo coçar.


Diagnóstico e tratamento
Geralmente, a presença combinada de galerias e de comichão é suficiente para que o médico possa diagnosticar a sarna. De qualquer maneira, também pode fazer uma raspagem dos sulcos e examiná-la ao microscópio para confirmar a presença dos ácaros.
A sarna pode ser curada aplicando um creme que contenha permetrina ou uma solução de lindano. Ambos são eficazes, mas o lindano tem tendência para irritar a pele, é mais tóxico e não é apropriado para as crianças pequenas. Alguns ácaros da sarna desenvolvem resistência ao tratamento com permetrina.
Por vezes é utilizado um creme com corticosteróides, como a hidrocortisona, durante alguns dias depois do tratamento com permetrina ou lindano para acalmar a comichão até que todos os ácaros tenham sido eliminados.
Os familiares e as pessoas que mantenham um estreito contacto com a pessoa afectada, como o(a) parceiro(a) sexual, devem ser tratados simultaneamente. A lavagem profunda e a fumigação do vestuário e da roupa de cama não são obrigatórias.

 
« InícioAnterior12345678910SeguinteFinal »

Pág. 1 de 33

bottom

Produzido por Agrupamento de Escolas de Oliveira de Frades © 2014